Forno elétrico ou a gás: qual é o melhor e mais econômico? - Copagaz
Blog Copagaz
27 de agosto de 2019
Comentários (0)

Forno elétrico ou a gás: qual é o melhor e mais econômico?

Índice:


A dúvida “forno elétrico ou a gás” é muito comum quando chega a hora de adquirir o melhor equipamento para a sua casa ou para o seu negócio. 

Afinal, cada tipos de forno tem suas vantagens. Os modelos elétricos, por exemplo, são muito usados em residências em que há pouco espaço disponível. 

Mas será que eles são a alternativa com melhor custo-benefício?

Para te ajudar a descobrir qual é a melhor opção para as necessidades que você tem atualmente, respondemos abaixo algumas das dúvidas mais frequentes sobre o assunto. Vamos lá? 

Qual é a diferença entre forno elétrico e forno a gás?

A principal diferença entre forno elétrico e forno a gás é o consumo de eletricidade. Enquanto o primeiro depende totalmente da energia elétrica para funcionar, os modelos a gás só usam a energia elétrica para fazer a faísca que inicia a chama. Como alternativa, algumas pessoas acabam optando por usar acendedores. 

Vantagens do forno elétrico

O forno elétrico tem como principal vantagem a possibilidade de selecionar a temperatura com exatidão, o que facilita o preparo de pratos mais delicados. Além disso, existem mais modelos elétricos compactos no mercado do que modelos a gás. Por conta disso, acabam sendo os favoritos de pessoas que têm pouco espaço para alocar esse eletrodoméstico.

Forno elétrico

Vantagens do forno a gás

O forno a gás, por outro lado, tem como vantagem aquecer mais rapidamente, além de usar uma fonte energética com um custo-benefício muito melhor que o da energia elétrica – assunto que abordamos detalhadamente no tópico seguinte.

Forno a gás

Forno a gás ou elétrico: consumo detalhado

A diferença de economia entre o forno a gás e o forno elétrico.

Na imagem acima, mostramos quanto custaria para assar um bolo, gratinar uma lasanha ou grelhar um frango em um forno elétrico ou a gás. Nos três cenários, acaba saindo quase três vezes mais barato preparar essas receitas no modelo a gás. E mais: por conta do preço do kWh (kilowatts por hora), o forno do fogão é mais econômico que micro-ondas. Bacana, não é? 

É fato que o gasto energético varia de acordo com o tamanho do forno e da potência usada. De qualquer maneira, o gás GLP (ou gás industrial) tem um melhor desempenho por natureza, sendo possível fazer bem mais com menos. Portanto, se você se preocupa com os gastos ou irá usar seu forno com frequência, a resposta para a dúvida “forno elétrico ou a gás” é relativamente fácil de responder: um forno a gás pode ser a escolha certa para você. 

Com tudo o que trouxemos por aqui, não há dúvidas de que, entre forno elétrico ou a gás, a segunda opção é a mais econômica, seja seu uso para fins domésticos ou industriais. Se você tem um negócio, pode apostar em opções como o forno a gás para padaria ou o forno a gás em pizzarias. Porém, se o seu negócio ainda não conta com essa forma de energia, a Copagaz auxilia pizzarias na migração para forno a gás, além de oferecer o suporte de especialistas em projetos para outros negócios. Entre em contato conosco e confira as possibilidades!